Assinantes, fornecedores,
curriculos e anunciantes.
Página Principal
Artigos
Boletim
Doutor Celulose
Enquetes
Entrevista
Eventos
Galeria de fotos
Notícias
Patrocinadores
Parceiros
Sustentabilidade
Banco de currículos
Classificado de Ofertas
Clipping
Cotações
Fábricas de C&P
Glossários
Curiosidades
Guia de fornecedores
RSS
 
publicado em 11/06/2011
Fibria apresenta projeto de expansão em Três Lagoas

11/06/2011 - Com a presença de aproximadamente 600 pessoas, a Fibria apresentou na noite de quinta-feira (9), em Três Lagoas (MS), seu projeto para instalação de uma segunda linha de produção de celulose no município.

Com coordenação do Imasul (Instituto de Meio Ambiente do Mato Grosso do Sul) e da Semac (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, do Planejamento e da Ciência e Tecnologia), a audiência publica foi realizada no Espaço Leiloado, e contou com a presença de diversas autoridades, entre elas a prefeita de Três Lagoas, Márcia Moura; Pedro Mendes Neto e Délia Vilamayor do Imasul; do prefeito de Brasilândia, Antonio de Pádua Thiago; o promotor Antonio Carlos Garcia. Representando a Fibria estavam, o diretor de operações industriais e engenharia da Fibria, Francisco Valério, o gerente geral Renato Otoni e João Steinle, diretor de desenvolvimento humano e organizacional.

Os resultados dos estudos ambientais foram conduzidos pela Poyry – consultoria especializada em projetos de celulose –, e confirmaram a viabilidade do empreendimento. O conteúdo foi apresentado pelo consultor Kleib Henrique Fadel. A expansão da unidade de Três Lagoas da Fibria consiste na implementação de uma segunda linha, que elevará a capacidade de produção da fábrica de 1,3 milhão de toneladas de celulose por ano para 3,05 milhões de toneladas anuais. O investimento será de R$ 3,6 bilhões. Cerca de 3 mil trabalhadores devem atuar durante a obra, que tem previsão para o segundo semestre de 2012. Para o período de pico das obras estão previstos 7 mil trabalhadores.

Durante a audiência pública, a Poyry demonstrou que Três Lagoas está apta a receber um empreendimento deste porte, e os cuidados da Fibria em aplicar os conceitos mais modernos de sustentabilidade em sua execução. “A exemplo do que foi feito quando montamos a primeira fábrica, para construir a segunda linha também estamos nos valendo da melhor tecnologia existente no mercado”, destacou Umberto Cinque, gerente geral de meio ambiente e industrial da empresa.

Além de investir em programas de capacitação, a Fibria desenvolve diversos projetos sociais, como o Programa de Educação Ambiental, que beneficia comunidades e escolas de Três Lagoas e Brasilândia, e o Programa de Inclusão Digital, entre outros. “Três Lagoas recebe esse projeto de ampliação da Fibria com muita alegria”, afirmou a prefeita Márcia Moura em seu discurso. “A implantação da Fibria foi um marco extremamente importante para a alavancada do desenvolvimento da cidade”, completou.

CeluloseOnline

Publicidade
Klabin registra crescimento de 311% em 2012
 
Voith moderniza máquina secadora de celulose da BSC
 
AlphaGraphics registra crescimento de 38%
 
Cidade de Rondonópolis (MT) cria o projeto Leitor do Mês
 
Abigraf/SC têm novo presidente
Boletim mensal: celulose, madeira e papel registram alta no primeiro semestre
 
Delipapier investe em nova unidade que vai produzir 60 mil toneladas de tissue por ano
 
Oportunidade: Fibria oferece vagas em Mato Grosso do Sul
 
Semana de C&P: Abtcp, Senai e representantes de produtoras locais discursam no primeiro dia
 
Brasil tenta liberação do plantio de eucalipto geneticamente modificado: produtividade é 20% maior
 
 
Seja o primeiro a comentar esta notícia!
 

boletim de informações

Cadastre seu email abaixo e receba nosso boletim de informações.

clipping celulose

Portal Celulose Online © 2013. Todos os direitos reservados