CompararComparando...

Dinheiro que vem do lixo: Celulose Riograndense transforma resíduos em produtos nutritivos

Lendo Agora
Dinheiro que vem do lixo: Celulose Riograndense transforma resíduos em produtos nutritivos

16/02/2016 – A Celulose Riograndense é uma das indústrias que possui o mais elevado índice de reciclagem de resíduos do mundo. A informação não é para menos, já que, recentemente, o complexo da Guaíba, que foi quadruplicado, reforçará ainda mais o posto dessa planta.

O fato é que ninguém imagina, mas um grande picador de toras de eucalipto, dos quais a Celulose Riograndense tem posse, produz cavacos que transformação 1,8 milhões de toneladas de celulose anualmente. Mas, além disso, aciona uma cadeia de produção de alimentos e itens de paisagismo. As cascas de árvores que iriam para aterros ou locais inadequados são transformados em produtos altamente nutritivos.

Esse é o grande diferencial. E é o que não ocorre na maior parte das fábricas do mundo.

Celulose Riograndense - resíduos4

O que as pessoas também não sabem é que essa olhar diferente, essa aposta em transformar lixo em dinheiro pode ser possível sem sair de casa. O CeluloseOnline é parceiro de um curso de gestão de resíduos. Saiba Mais.

“Este material vai se transformar em húmus, um substrato agrícola que será usado em hortas, culturas de hidroponia e pomares. Vai virar alimento”, destaca o gerente operacional da Vida Desenvolvimento Ecológico, Fernando Bergamin, contratada pela CMPC para cuidar da destinação de resíduos industriais sólidos.

Leia também:

CeluloseOnline

Demuth Rodapé
Qual é a sua impressão?
Amei
100%
Curti
0%
Não Gostei
0%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online
Comentários
Deixe um Comentário

Deixe um Comentário