CompararComparando...

A relevância das embalagens na decisão de compra, segundo esta pesquisa

Lendo Agora
A relevância das embalagens na decisão de compra, segundo esta pesquisa

A embalagem é um fator importante na decisão de compra dos clientes. Uma pesquisa da organização global sem fins lucrativos Two Sides quantificou o que, até então, era apenas percebido no dia a dia do varejista.

O levantamento considerou o volume de resíduos gerado pelas embalagens, a facilidade de reciclar o material e questões práticas, como facilidade de abertura e fechamento do pacote, para mostrar a importância deste item na jornada de compra do consumidor.

Em 99% dos casos, as embalagens influenciam a decisão de compra, aponta a Two Sides, fundada em 2008 por membros das indústrias de celulose, papel e comunicação impressa. Para 41% dos entrevistados, esta influência é frequente. “A relevância das embalagens para a decisão de compra tem direcionado a indústria a aperfeiçoar cada vez mais os materiais e a tecnologia empregados na fabricação desses produtos”, avalia Fábio Mortara, presidente da Two Sides Brasil.

Fatores mais relevantes
A característica das embalagens que mais influencia as compras é prática, e não visual. Na opinião de 64% dos entrevistados, o fator mais importante é a capacidade de proteger o produto. Em segundo lugar, aparece as informações que elas trazem, item mencionado por 52% dos entrevistados. Já 47% consideram importante facilidade de abertura ou fechamento. Tamanho da embalagem e matéria-prima também aparecem na lista dos fatores mais citados.

Materiais preferidos
Entre os materiais utilizados na fabricação de embalagens, a pesquisa avaliou quais seriam os preferidos em relação a vários aspectos como a capacidade de proteção dos produtos e aumento de sua durabilidade, capacidade de reciclagem, facilidade de abertura ou fechamento, facilidade de armazenamento, peso, praticidade, aparência, reutilização, segurança no uso e robustez, além do impacto ambiental.

Quatro em cada dez entrevistados preferem o papel  por considerarem que é o melhor para o meio ambiente, além de avaliarem que o material pode ser reciclado com facilidade. O peso das embalagens de papel foi uma característica apontada por mais da metade dos entrevistados (52%), bem como sua praticidade, atributo citado por 30% dos pesquisados, além de ser um material de uso seguro – aspecto também indicado no caso do vidro.

Quase a metade dos entrevistados considera que a embalagem de vidro proporciona melhor proteção aos produtos (49%), é mais fácil de armazenar (35%), tem a melhor aparência (43%) e é o material mais reutilizável (47%). O plástico não figurou como material preferido em nenhum dos aspectos questionados e foi apontado como o material menos amigável ao meio ambiente.

Reciclagem
A pesquisa mostra que 83% dos consumidores consideram que a reciclagem destes produtos é difícil, devido a fatores como falta de espaço de armazenamento em suas residências, falta de coleta seletiva e também devido à falta de interesse, de tempo e da dificuldade em separar os materiais.

Os materiais mais reciclados são o vidro (63%) e o papel (58%). O plástico e o metal são reciclados, segundo os consumidores, em 56% dos casos.

O levantamento revela ainda que 32% dos entrevistados apontam o plástico como o material menos amigável ao meio ambiente, seguido pelo vidro (28%) e metal (24%). O papel aparece na última posição, e foi citado por apenas dois em cada dez consumidores (23%).

Demuth Rodapé
Qual é a sua impressão?
Amei
0%
Curti
100%
Não Gostei
0%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online
Comentários
Deixe um Comentário

Deixe um Comentário