CompararComparando...

Aumento na demanda por madeira

Lendo Agora
Aumento na demanda por madeira

De acordo com números da Indústria Brasileira de Árvores (Ibá) o setor de florestas plantadas exportou US$ 10,7 bilhões em 2018. A receita bruta gerada no ano passado foi de R$ 73,8 bilhões. Ainda de acordo com a entidade, há previsão de investimentos na ordem de R$19,3 bilhões até 2022.

Para o diretor de negócios na América Latina da Forest2Market do Brasil, Marcelo Schmid, existe uma forte tendência de o preço da madeira aumentar. “Temos visto há pouco mais de um ano, em diferentes mercados, o preço da madeira subir. Trata-se de um efeito natural de mercado, pois a demanda por madeira vem crescendo”, explica ele. Segundo Schmid, a principal causa é o consumo industrial, que está mais acelerado do que a produção florestal. “Temos várias novas indústrias consumidoras de madeira sendo plugadas ao nosso sistema. Algumas empresas como Berneck, Klabin e WestRock estão expandindo ou abrindo novas unidades. Uma nova fábrica no Mato Grosso do Sul deve ser anunciada em breve. E em Minas Gerais a siderurgia, grande consumidora de madeira energética, está se recuperando. Somado a tudo isso, a exportação de madeira em tora ou em cavaco, está cada vez maior”, afirma ele.

A consequência, segundo Marcelo Schmid, é um aquecimento expressivo do mercado, gerando demanda por madeira e aumento do preço da matéria-prima. “De uma forma geral, a perspectiva para os próximos anos é boa para quem vende madeira”, conclui ele.

Fonte: Lignum

Demuth Rodapé
Qual é a sua impressão?
Amei
0%
Curti
0%
Não Gostei
0%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online
Comentários
Deixe um Comentário

Deixe um Comentário