CompararComparando...

Balança comercial da indústria gráfica tem déficit de US$ 15 milhões

Lendo Agora
Balança comercial da indústria gráfica tem déficit de US$ 15 milhões

17/03/2010 – As exportações brasileiras de produtos gráficos totalizaram US$ 31,87 milhões no 1º bimestre de 2010, representando aumento de 10,7% comparado ao mesmo bimestre do ano anterior. Já as importações das gráficas brasileiras fecharam em US$ 47,70 milhões, significando crescimento de 19,4% em relação ao mesmo bimestre do ano anterior. Os dados são do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

A crise internacional, deflagrada em setembro de 2008, se fez sentir através da queda tanto de exportações como de importações no comércio de produtos gráficos. Pelo fato da redução das importações ter superado a redução das exportações até dezembro do ano passado, a balança comercial do setor apresentou um melhor resultado.

Dentre os US$ 47,70 milhões de importação de produtos gráficos, em janeiro e fevereiro de 2010, destacaram-se os produtos editoriais (livros e revistas), que representaram 37,2% (US$ 17,76 milhões) das importações gráficas totais – este resultado representou queda de 9,4% na importação de produtos editoriais em relação ao mesmo período do ano de 2009. As importações de embalagens corresponderam a 24,7% do total ou US$ 11,79 milhões – houve aumento de 48% das importações de embalagens em relação ao mesmo período de 2009.

No tocante aos US$ 31,87 milhões exportados, as vendas para o exterior de cartões acumulam crescimento de 49,7% em relação ao ano de 2009, com US$ 11,10 milhões em exportação este ano – outros segmentos gráficos, como embalagens, etiquetas e impressos fiscais, também apresentaram crescimento nas vendas para o exterior em relação ao primeiro bimestre de 2009.

Já o saldo comercial da indústria gráfica no 1º bimestre de 2010 aparece com déficit de US$ 15,83 milhões, representando um pequeno aumento em comparação ao mesmo período de 2009, que apresentava déficit de US$ 11,17 milhões.

Fonte : Secex Elaboração : Decon/ Abigraf. Adaptado por Celulose Online

Qual é a sua impressão?
Amei
0%
Curti
0%
Não Gostei
0%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online

Deixe um Comentário