CompararComparando...

Balança comercial do setor de árvores plantadas registra saldo positivo de US$ 3,8 bilhões

Lendo Agora
Balança comercial do setor de árvores plantadas registra saldo positivo de US$ 3,8 bilhões

01/09/2016 – A indústria de árvores plantadas continua destacando-se por sua contribuição significativa para o saldo positivo da balança comercial do País. De janeiro a julho de 2016, o setor registrou US$ 3,8 bilhões de superavit, um crescimento de 7,2% em relação ao mesmo período do ano passado. A receita de exportações de celulose, painéis de madeira e papel foi a principal responsável pelo resultado, e alcançou R$ 4,4 bilhões neste ano.

“Quando avaliamos o mercado externo temos um cenário distinto. As exportações da celulose brasileira continuam crescendo, com destaque para a China, que passou a ser o principal destino para o insumo, com 37% de participação na receita. As vendas externas para o mercado chinês somaram US$ 1,1 bilhão nestes primeiros sete meses do ano. Por outro lado, as exportações de papel e painéis de madeira estão concentradas nos países da América Latina com 58% e 54% do total respectivamente”, comenta Elizabeth de Carvalhaes, presidente-executiva da Indústria Brasileira de Árvores (Ibá).

“A alta do volume de celulose exportada é justificada pelo aumento da produção com a entrada de novas linhas.  Já nos segmentos de painel de madeira e papel, que em geral possuem grande parte do volume direcionado para o mercado doméstico, houve um redirecionamento das vendas para outros países, especialmente para a América Latina, como forma de compensar o recuo na demanda interna”, completa Elizabeth.

Balança Comercial do Setor - US$ Milhões

Os demais indicadores de desempenho do setor de árvores plantadas estão na 27ª edição do Cenários Ibáboletim mensal da Ibá.

Volume de exportações – O volume das exportações de celulose atingiu a marca de 7,5 milhões de toneladas até julho de 2016, crescimento de 12,7% em relação ao mesmo período de 2015. As exportações de papel subiram 5,1%, somando 1,2 milhão de toneladas, e o segmento de painéis de madeira teve alta de 56%, com meio milhão de metros cúbicos exportados.

Produção – A produção brasileira de celulose superou as 10 milhões de toneladas no ano, alta de 8,9% em relação ao mesmo período de 2015. A produção de papel se manteve estável em 6 milhões de toneladas, igual ao número do ano passado.

Vendas Domésticas – De janeiro a julho de 2016, as vendas de papel no mercado doméstico atingiram 3 milhões de toneladas, registrando estabilidade na comparação com o mesmo período de 2015. No segmento de painéis de madeira, as vendas no mercado interno atingiram 3,6 milhões de m³, volume 5% inferior na comparação com o mesmo período do ano passado.

Fonte: Ibá

Demuth Rodapé
Qual é a sua impressão?
Amei
0%
Curti
100%
Não Gostei
0%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online
Comentários
Deixe um Comentário

Deixe um Comentário