CompararComparando...

Brasil: A cada 10 rolos de papel higiênico, pelo menos três ficam para os impostos

Lendo Agora
Brasil: A cada 10 rolos de papel higiênico, pelo menos três ficam para os impostos

Brasileiros trabalham 153 dias por ano só para pagar impostos. Em 1996 eram 100 dias por ano. O Brasileiro trabalha mais dias do que na Alemanha, EUA e México. A cada 10 rolos de papel higiênico, pelo menos três ficam para os impostos (32,55%)

papel higienico valor16/06/2016 – O brasileiro trabalha cada vez mais para pagar impostos. Em 1996 eram 100 dias por ano, atualmente são 153 dias só para pagar os tributos. Esse aumento ao longo do tempo fez com que o brasileiro trabalhe mais dias para o governo do que em países como Alemanha, Estados Unidos e México.

Veja o que acontece em outros países:

  • França: 171 dias
  • Suécia: 163 dias
  • Brasil: 153 dias
  • Alemanha:139 dias
  • EUA: 98 dias
  • México: 91 dias

A França e a Suécia têm uma carga tributária maior, mas os serviços públicos deles são muito melhores do que os do Brasil. E se engana quem acha que o imposto de renda é o que dá a maior mordida no dinheiro do brasileiro. A maior parte dos impostos é para o consumo.

De janeiro ao começo de junho, todo o dinheiro ganho foi para pagar impostos. “Nós temos uma das maiores cargas tributárias do mundo, devemos estar entre a 12ª e a 15ª no mundo todo, mas o retorno é muito insatisfatório”, afirma João Eloi Olenike, presidente do IPBT.

Em São Paulo há um painel que mostra, em tempo real, quanto já foi pago para os governos federal, estaduais e municipais neste ano – a conta já está em mais de R$ 800 bilhões.

Atualmente, quase 35% (34,67%) do preço das roupas vão para o governo. A cada 10 rolos de papel higiênico, pelo menos três ficam para os impostos (32,55%). Além disso, 37% (37,3%) do pacote de biscoitos está na mesma e, a cada duas latinhas de refrigerante, quase uma inteirinha é do governo. Na conta de luz, 56% do valor pago é de impostos.

Fonte: g1.globo.com

Demuth Rodapé
Qual é a sua impressão?
Amei
0%
Curti
0%
Não Gostei
0%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online
Comentários
Deixe um Comentário

Deixe um Comentário