CompararComparando...

100% reciclável! Google apresenta “celular de papel” para combater vício em tecnologia

Lendo Agora
100% reciclável! Google apresenta “celular de papel” para combater vício em tecnologia

Parece piada tardia de 1º de abril, mas acredite, não é! O Google, em parceria com o Special Projects – escritório londrino de design de produtos, anunciou na última semana o seu mais novo investimento na tentativa de fazer com que as pessoas sejam menos dependentes de dispositivos eletrônicos.

Chamado de Paper Phone, o novo aplicativo é capaz de reunir as principais informações do smartphone do usuário, de tarefas e jogos a números de contato e QR Codes, e imprimir em uma única folha de papel junto com pequenas marcas de dobradura; essas, voltadas a deixar a folha mais compacta, com o tamanho de praticamente, adivinhe: um smartphone. O app fornece as instruções necessárias para realizar as dobras corretamente.

De acordo com Emma Turpin, líder do Google Creative Lab, a invenção foi criada como uma solução alternativa a ter que carregar o telefone o dia todo e, por consequência, checá-lo incessantemente, alimentando o vício. Logo, até por conta do seu espaço de impressão limitado, os “aplicativos” e informações impressas podem ter prazo de validade: 1 dia, sendo necessário imprimir outra página no dia seguinte caso queira repetir a dose de detox.

Segundo Adrian Westway, diretor de tecnologia do Special Projects, “muitas das pessoas com quem conversamos ficaram horrorizadas com a ideia de deixar o seu smartphone para trás”, ao serem apresentadas a ideia de desintoxicação virtual. Westaway comenta que o Paper Phone foi inspirado nos famosos planners e a iniciativa teve como desafio encontrar um balanço entre a praticidade do smartphone com um elemento de prazer, que nesse caso seria a visualização no papel.

A seguir, confira o vídeo do Paper Phone.

Fonte: Tudo Celular

Demuth Rodapé
Qual é a sua impressão?
Amei
0%
Curti
0%
Não Gostei
0%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online
Comentários
Deixe um Comentário

Deixe um Comentário