CompararComparando...

Com apoio da Suzano, apicultores do interior de SP batem novo recorde de produção e se destacam no cenário estadual

Lendo Agora
Com apoio da Suzano, apicultores do interior de SP batem novo recorde de produção e se destacam no cenário estadual

Há 17 anos o Colmeias atua para o fortalecimento da cadeia do mel, a produção regional de mel nas áreas da Suzano em São Paulo foi de 358 toneladas/ano, um aumento de 8,5%, comparado com a produção do ano passado.

Por meio do Programa Colmeias, iniciativa realizada pela Suzano, apicultores da região sul do interior de São Paulo, conquistaram uma marca inédita e fecharam a safra 2020 com uma produção de 358 toneladas de mel. O volume corresponde a um aumento de 8,5% em comparação à safra do ano passado, quando produtores obtiveram safra de 330 toneladas de mel, gerando uma receita bruta estimada em R$ 1,8 milhão.

A maior parte da produção de mel paulista, cerca de 70%, sai com selo de procedência orgânica e é exportado para países na América do Norte, Ásia e Europa. O restante é envasado para abastecimento do mercado interno e também para atendimento a políticas públicas como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), ambos do governo federal.

“É gratificante observar a evolução dos apicultores do Colmeias, que conseguiram atingir um alto nível no manejo e beneficiamento, seguindo todas as normas de higiene e segurança. Como consequência, melhoraram a produtividade e ampliaram o mercado, reforçando a renda familiar. Os apicultores estão mais participativos, aumentaram sua representatividade na região e hoje, celebram essa produção histórica, resultado da superação e da união de todas as associações da região”, diz Israel Batista Gabriel, coordenador de Desenvolvimento Social da Suzano.

Com o objetivo de gerar renda promover o desenvolvimento sustentável no campo, o Colmeias apoia 17 associações de produtores nas regiões do Vale do Paraíba, Oeste e Sul do Estado de São Paulo. Somente neste ano, o programa se estendeu a comunidades de quatro municípios: Botucatu, Avaré, São Miguel Arcanjo e Itararé. Eles recebem suporte para aprimorar a produção e alcançar novos mercados.

Produtividade

Além do aprimoramento das técnicas de manejo e beneficiamento do mel, também possibilitadas pelo Colmeias, parte deste resultado se deve ao fato de as colmeias estarem instaladas nas florestas plantadas de eucalipto da Suzano, o que beneficia na produção das abelhas e na qualidade do mel. A produtividade registrada entre os 400 apicultores apoiados pelo programa foi de 27,5 quilos por colmeia, 24% a mais que a média nacional, que atualmente está em 21 quilos de mel por colmeia. Atualmente, são cerca de 13 mil colmeias instaladas nas florestas plantadas da Suzano.

A produção da região também foi comemorada por Alcindo Alves, presidente da Federação das Associações dos Apicultores e Meliponicultores do Estado de São Paulo. O índice superou todas as expectativas. “Nosso setor foi um dos que mais alavancou as vendas no período. As pessoas estão relacionando a saúde com o consumo de produtos naturais como própolis, pólen, geleia real e mel. A loja da nossa cooperativa está recebendo muitos pedidos e o quilo do mel, que era comercializado a R$ 5,50, está saindo a R$ 9,00, em média”, conta.

De acordo com Alcindo, os apicultores das cidades de Votorantim, Capão Bonito, Itapetininga e Pilar do Sul também contaram com a ajuda do clima e do sol.   “Eu costumo produzir de 20 a 25 quilos de mel por colmeia. Na área da Suzano, em Votorantim, produzi 3 mil quilos, algo que nunca aconteceu na minha produção antes”, comemora o produtor.

Para ele, o apoio da Suzano tem sido vital para manter a operação e fortalecer o setor. “Sem o Colmeias, muitos apicultores não teriam nem como manter suas colmeias. O local e a florada do eucalipto têm um valor imenso para o nosso resultado”, conclui. Somente na AAPICAB (Associação de Apicultores de Capão Bonito), foram produzidas 150 toneladas de mel, maior índice dos últimos oito anos.

Muito além do mel

 De acordo com Israel, a importância de fortalecer a apicultura vai muito além da geração de renda aos produtores – o que já valeria o investimento –, trata-se de uma preocupação com o futuro do planeta.  “Para nós da Suzano, apoiar a apicultura é apoiar a preservação do Meio Ambiente e também garantir a nossa existência no futuro. As abelhas são de imensa importância tanto para a biodiversidade quanto para a produção de alimentos. Sem elas, teríamos um total colapso, e é este cenário que buscamos evitar. Ao apoiar a produção de mel e permitir que colmeias sejam instaladas nas nossas unidades florestais, estamos colaborando para o repovoamento dessas abelhas nessas regiões e, consequentemente, para o equilíbrio ambiental e a segurança alimentar de todos”, ressalta o coordenador de Desenvolvimento Sustentável da Suzano.

O cenário é tão preocupante que organizações como a ONU (Organização das Nações Unidas) já alertaram para os perigos da escassez de alimentos por conta da mortalidade em massa dos insetos polinizadores.  Na semana em que se celebram os dias Mundial da Abelha (20 de maio) e do Apicultor (22 de maio), a Nações Unidas estima que 90% das plantações de flores silvestres dependem da polinização, assim como 75% das plantações de alimentos e 35% das terras aráveis de todo o globo. Em contrapartida, o risco de extinção das abelhas chega a ser de 100 a mil vezes mais alto que o normal por causa do impacto humano. “Se a tendência seguir, plantações de frutas, vegetais e nozes terão de ser substituídas por arroz, batatas e milho levando a uma dieta não balanceada”, alerta a ONU.

Marcos do Programa Colmeias no interior de São Paulo

2002 – Instalação do primeiro apiário em Capão Bonito

2006 – Expansão do projeto para municípios vizinhos

2009 – Produção de mel da florada do Eucalipto bate recorde no Estado

2012 – Mel orgânico é exportado para a Europa

2014 – Ministério da Agricultura reconhece Programa como case de Sustentabilidade na Agricultura

2016 – Confederação Brasileira de Apicultura confere título de maior programa privado de apicultura do País.

2020 – Produção de mel da florada do Eucalipto bate novo recorde no Estado

albany 728
Qual é a sua impressão?
Amei
0%
Curti
0%
Não Gostei
0%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online
Comentários
Deixe um Comentário

Deixe um Comentário