CompararComparando...

Com R$ 3 milhões da Fibria e Eldorado, Reinaldo agiliza obra do contorno rodoviário de Três Lagoas

Lendo Agora
Com R$ 3 milhões da Fibria e Eldorado, Reinaldo agiliza obra do contorno rodoviário de Três Lagoas

23/11/2016 – O governador Reinaldo Azambuja anunciou na quinta-feira (10) que firmou parceria com as indústrias de celulose Fibria e Eldorado Brasil para executar a obra do contorno rodoviário de Três Lagoas. “Importante obra que tira todo um fluxo de carretas e caminhões do perímetro urbano da cidade, melhorando a vida das pessoas”, disse Reinaldo.

Segundo o governador, o investimento necessário para a elaboração do projeto executivo que prevê a construção do novo anel rodoviário na cidade será feito pelas duas gigantes da celulose. “Fomos buscar essas parcerias e hoje eu tive a informação do Marcelo Castelli, presidente da Fibria, e do José Carlos Grubisich, presidente da Eldorado, que as duas empresas serão parceiras do Governo. Elas vão ajudar financeiramente para a contratação desse projeto, que vamos entregar ao Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), que fará a licitação da obra”, explicou Reinaldo.

o-lancamento-sera-realizado-pelo-governador-reinaldo-azambuja-as-14h30-no-auditorio-da-governadoria

Em outubro, a Fibria firmou parceria com a Eldorado para auxiliar o Governo do Mato Grosso do Sul na construção do contorno rodoviário do município. Cada uma das indústrias se comprometeu a investir R$ 1,5 milhão na elaboração do projeto executivo, com objetivo de colaborar com a melhoria da infraestrutura logística em Três Lagoas.  Em média, 600 carretas das duas empresas trafegam por dia em torno da cidade.

O documento para a construção do contorno rodoviário será executado por empresas contratadas e elaborado com base no Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) e no termo de referência, já desenvolvidos pelo Dnit de Mato Grosso do Sul, que também acompanhará toda a elaboração do projeto. A previsão de conclusão é de aproximadamente dez meses. Já na execução da obra, o Governo do Estado conta com a alocação de R$ 30 milhões por meio de emendas da bancada federal.

“Somos comprometidos com o desenvolvimento sustentável de Três Lagoas. Temos muito orgulho da nossa presença aqui e somos gratos à cidade que tão bem nos acolhe”, disse Marcelo Castelli.

O anel, ou contorno rodoviário, é uma alternativa para melhorar a infraestrutura do modal rodoviário, apresentando uma nova rota logística de acesso dentro de Três Lagoas para os estados que fazem divisa com Mato Grosso do Sul, por meio das rodovias BR-158 (saídas para Brasilândia e Selvíria) e 262 (Campo Grande).

O projeto executivo tem o objetivo de elencar todos os detalhes de uma obra, desde a estrutura ao investimento necessário para execução, permitindo que grandes empreendimentos sejam executados com mais agilidade e qualidade. Com o documento finalizado e aprovado pelo Dnit, permitirá a abertura de licitação, por parte do Governo, para a contratação das empresas responsáveis pela obra e o início da construção do contorno rodoviário no município.

Fonte: AgoraMS

Demuth Rodapé
Qual é a sua impressão?
Amei
0%
Curti
100%
Não Gostei
0%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online
Comentários
Deixe um Comentário

Deixe um Comentário