CompararComparando...

De onde vem a celulose: como elas são extraídas da madeira? [Passo a Passo]

Lendo Agora
De onde vem a celulose: como elas são extraídas da madeira? [Passo a Passo]

Descobrir de onde vem a celulose não é uma tarefa muito difícil. Especialmente se você leu o nosso artigo anterior explicando para que serve a celulose (se não leu, leia agora).

Recapitulando, você pode saber de onde vem a celulose pensando de maneira simples: dos vegetais. Então, praticamente todos os vegetais produzem celulose e está aqui a resposta para este artigo.

Só que você apenas saber isso não basta… O ideal é você entender todo processo, como essa celulose é extraída dos vegetais!

Por exemplo, no caso da produção de papel, de onde vem a celulose?

Vem da madeira, que é um vegetal. Então, a nova pergunta seria: como a celulose é extraída da madeira?

E é justamente sobre isso que vamos falar agora!

A extração da celulose da madeira

Existem diversos processos que podem ser usados para extrair as fibras de celulose da madeira. Todos são chamados de processos de polpação!

O nome é devido ao fato de o resultado ser a polpa da celulose, que vai promover a ruptura das ligações das fibras no interior da madeira.

O processo pode ser mecânico, químico ou ambos juntos.

Fizemos um breve passo a passa de como a celulose é extraída da madeira em um processo químico conhecido como Kraft, que é o mais usado no Brasil.

E isso, claro, considerando que você já sabe de onde vem a celulose!

Preparo da Madeira

O preparo da madeira é o caminho que ela vai fazer até chegar à fábrica de celulose.

Ela pode vir com ou sem casca, em toras e diâmetros de diferentes tamanhos.

O fato é que a madeira é levada ao picador, onde as toras são processadas e as cascas removidas – depois, usa-se essa “sobra” para gerar energia.

Nos picadores, as toras viram cavacos com dimensões já definidas.

Os cavacos são estocados e depois levados aos digestores.

Processo de Polpação

O processo de polpação também chamado de cozimento acontece quando os cavacos de madeira são submetidos à reações químicas (com hidróxidos de sódio e sulfeto de sódio).

Esse cozimento acontece dentro de um digestor, que é mantido em alta temperatura.

A lignina, que une as fibras de celulose, é reagida com os produtos químicos – separando as polpas (na marrom e na escura).

Esse cozimento costuma durar 120 minutos, partindo do topo dele, que pode ter 60 metros de altura.

E o processo ainda passa pela lavagem (que tira a solução residual).

De onde vem a celulose

A Lavagem da Celulose

Com o término do processo no digestor, acontece outra lavagem, onde a celulose é depurada.

Essa depuração nada mais é do que uma limpeza das impurezas sólidas.

O Branqueamento

O branqueamento, que é o outro passo, é um tratamento químico com peróxido de hidrogênio, dióxido de cloro, oxigênio e hidróxido de sódio…

Tudo visando melhorar as propriedades da celulose.

A Secagem

Por fim, a secada, que é uma operação onde a água é retirada da celulose até que atinja um ponto de equilíbrio com a umidade do ambiente – geralmente, 90% de fibras e 10% de água.

A máquina de secagem termina o processo: formando as folhas e os fardos de celulose que serão transportadas para caminhões e navios de carga.

Da redação com informações da Revista Tecnológica

Qual é a sua impressão?
Amei
0%
Curti
0%
Não Gostei
0%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online

Deixe um Comentário