CompararComparando...

Defensivos agrícolas: 5 coisas que nunca te contaram

Lendo Agora
Defensivos agrícolas: 5 coisas que nunca te contaram

Os defensivos agrícolas, também chamados de produtos fotossanitários, são produtos químicos, físicos ou biológicos usados no controle da produtividade agrícola.

Basicamente, eles servem para proteger as lavouras de ataques de seres prejudiciais ao ciclo de uma cultura.

São vários tipos, como insetos, ácaros, fungos, nematoides e as plantas daninhas. E, para o combate, usa-se: inseticida, acaricida, fungicida, nematicida e herbicida.

Mas, existem algumas informações que poucas pessoas sabem, confira!

Defensivos agrícolas

1 – Defensivos agrícolas minimizam custos

Algumas pessoas costumam achar que trata-se de um gasto, mas na verdade os defensivos agrícolas podem minimizar os custos porque o produtor acaba por economizar horas trabalhadas com tratoristas, com o combustível, com outros produtos.

E, por outro lado, sem esses produtos toda produção fica comprometida.

2 – Defensivos agrícolas são tecnológicos

Conforme a Embrapa, o manejo integrado de pragas pode reduzir as aplicações em quase 50%.

Só que para isso o monitoramento precisa ser feito de forma controlada, como com o uso de aplicativos que gerenciam amostragens e analisam o que está, de fato, acontecendo.

3 – O Brasil é o maior consumidor de defensivos agrícolas

E também é o 3º maior exportador agrícola do mundo.

Mas, isso se explica pelas dimensões continentais. Porque se considerarmos a proporção de terras cultivadas, aí caímos para a 7ª colocação geral no ranking global.

Isso mostra que o uso de defensivos é indispensável na agricultura brasileira e também no planejamento agrícola.

4 – Ingrediente ativo

O ingrediente ativo é que define o defensivo agrícola.

Assim, os profissionais da química são os responsáveis por desenvolver novas moléculas que se tornam ingredientes ativos.

Isso explica que o uso desses produtos tem que ser feito sob receituário agronômico.

5 – A classificação tem que estar na embalagem

É lei que toda a classificação toxicológica esteja nas embalagens dos defensivos agrícolas.

E isso inclui também as cores:

  • Extremamente toxicológico – vermelho,
  • Altamente toxicológico – amarelo,
  • Medianamente toxicológico – azul,
  • Pouco tóxico – verde.

A partir disso é preciso tomar cuidado no uso de tais produtos, seguindo as recomendações de segurança.

Com informações da AgroNews

Demuth Rodapé
Qual é a sua impressão?
Amei
0%
Curti
100%
Não Gostei
0%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online
Comentários
Deixe um Comentário

Deixe um Comentário