CompararComparando...

Destino do lixo ainda é inadequado no Brasil

Lendo Agora
Destino do lixo ainda é inadequado no Brasil

Dados da (ABRELPE) demonstram que a situação ainda está longe de ser a ideal

30/04/2016 – A destinação do lixo no Brasil ainda intriga muitos pesquisadores, já que grande parte dele ainda é descartada de forma errada no país.

Dados da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (ABRELPE) demonstram que a situação ainda está longe de ser a ideal, pois em pleno 2014 cerca de sete milhões de toneladas deixaram de ser coletadas em todo o país, favorecendo assim a poluição e a propagação de doenças.

Desde a criação do Plano Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) em 2010, o país vem buscando encontrar alternativas para solucionar as questões voltadas para os lixões e aterros sanitários. A ideia principal do plano gira em torno da redução, reutilização, reciclagem e tratamento dos resíduos sólidos.

Resíduos sólidos

CURSO DE GESTÃO DE RESÍDUOS. SAIBA MAIS!

As diretrizes do PNRS recomendam que o resíduo deva passar por um tratamento e ser transformado em material inerte, para só então ser depositado nos aterros. A ideia é utilizar o lixo de forma que o mesmo contribua para a criação de soluções sustentáveis como a possibilidade da criação de energia por fontes limpas e também a redução do consumo de combustíveis fósseis.

Outra alternativa utilizada pelos pesquisadores para a solução dos resíduos é a produção de biogás, o qual é gerado pela decomposição do lixo. Porém para que a produção do biogás seja reaproveitada é necessário que o lixo vá para aterros sanitários adequados e que o gás seja captado de forma correta pelas tubulações, algo que ainda está caminhado em passos lentos no país.

Fonte: Biomassa BR

Demuth Rodapé
Qual é a sua impressão?
Amei
0%
Curti
100%
Não Gostei
0%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online
Comentários
Deixe um Comentário

Deixe um Comentário