CompararComparando...

Esterco é usado para produzir papel na Universidade de Viena

Lendo Agora
Esterco é usado para produzir papel na Universidade de Viena

Primeiro, eles trabalharam com o esterco de cabra, depois passaram pelos resíduos dos cavalos e das vacas até chegarem ao dos elefantes.

O que concluíram é que essa metodologia pode ser muito útil para quem tem muitos animais de fazenda, onde se ganha em rentabilidade financeira e também em sustentabilidade.

Alexander Bismarck é o pesquisador chefe desse estudo.

“Percebi que o produto final dessa refeição seria matéria vegetal. Então, deveria ter celulose lá”.

“Os animais comem biomassa, conteúdo da celulose. Eles mastigam isso e expõem o material e as enzimas com o ácido dos seus estômagos, para produzir o cocô”.

“Dependendo do animal, até 40% do esterco é formado por celulose, que pode ser usada para outros fins”, conclui a ideia.

Esterco é usado para produzir papel

Todo processo foi feito com o hidróxido de sódio, que remove a lignina e pode ser usada como fertilizante ou combustível.

“Você pode produzir uma nanocelulose barata, que tem as mesmas propriedades que a nanocelulose da madeira, com menos gasto energético e consumo químico”, garante.

Agora, a equipe está investigando o processo para que se torne ainda mais sustentável: com o biogás, que é composto por metano e dióxido de carbono.

Com informações do Correio Braziliense

Voith 728
Qual é a sua impressão?
Amei
0%
Curti
0%
Não Gostei
0%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online
Comentários
Deixe um Comentário

Deixe um Comentário