CompararComparando...

Exclusivo: Ivan Sbrana vai até a Itália e mostra ao mundo a aplicação sustentável do restauro da madeira de eucalipto

Lendo Agora
Exclusivo: Ivan Sbrana vai até a Itália e mostra ao mundo a aplicação sustentável do restauro da madeira de eucalipto

10/06/2015 – Foram dois anos de teorias e práticas. Traçando paralelos entre técnicas antigas e aplicabilidade atual. Com foco em dois países opostos, dispostos: Brasil e Itália. E no fim, o resultado foi múltiplo, entre eles, duas teses que estão publicadas no CeluloseOnline. Mais do que isso, o estudo pretende mostrar que “[…] não existem limites (nem distâncias) para buscarmos aprender mais e adquirir conhecimento, mas para isso, é preciso muito empenho, pesquisa e esforços já que vivemos no mundo da informação digital”.

No currículo também ficou alguns estágios de restauro em móveis de museus italianos, como no Museu Egípcio de Torino e no Museu de Racconigi.

Conheça mais sobre Ivan Sbrana, o uso sustentável do restauro do eucalipto, folheado de madeira de eucalipto e as duas teses que prometem mostrar os benefícios da aplicação do eucalipto para fins moveleiros.

CeluloseOnline – Como entrou e começou a estudar no setor de eucaliptos?

Ivan Sbrana (1)Ivan Sbrana – Em 2012 conheci a Scuola Artigiani Restauratori Maria Luisa Rossi (com sede na cidade de Torino/Itália), que oferecia cursos de restauro em diversas áreas. A duração variava de curso para curso, podendo ser mínimo um, máximo dois anos. Por vários motivos, acabei escolhendo o curso de Restauro de Obras em Madeiras Antigas. Após os primeiros meses descobri que no final dos estudos, deveria apresentar uma “tese” como exigência parcial para obtenção do título.

Buscando informações sobre madeiras brasileiras (ou cultivadas no Brasil), mas que ainda eram pouco utilizadas para fins de restauro, acabei conhecendo o eucalipto. Ao estudar um pouco a trajetória dessa madeira, sua história, qualidades (bem como dificuldades) e principalmente seu grande potencial, acabei decidindo o tema do trabalho de conclusão: Madeira de Eucalipto – Aplicação sustentável no mundo do restauro.

CeluloseOnline – A pesquisa foi feita durante um curso realizado na Itália. Qual era esse curso e qual o interesse desse curso na Itália?

Ivan Sbrana – Sou Bacharel em Desenho de Moda (1997 FASM/SP), um ano depois, conclui um curso bienal de Técnico em Tecelagem (1998 SENAI/SP). Antes mesmo de me formar, já trabalhava nesta área, caminhei por grandes empresas têxtis nacionais e internacionais; na sequência fui convidado para fazer parte de um site que oferecia informações para todo mercado de moda; a formação técnica me levou para uma indústria de carpetes (residenciais e automobilísticos) e após essa experiência ainda tive a oportunidade de coordenar os trabalhos de uma amiga da faculdade, na área de vestidos de noiva.

Venho de uma família com descendência italiana, formada por pessoas simples, trabalhadores de diversas áreas, mas que muitas vezes tiraram seu sustento fazendo atividades manuais. Minha área de atuação me levou para o mundo dos tecidos, misturado sempre com a criatividade, ideias e muito suor. Foi no curso de restauro na Itália que tive pela primeira vez a chance de trabalhar com madeiras – onde nos primeiros meses, fizemos muitas aulas de laboratório com encaixes, cortes, seguindo as técnicas de colagem… e só depois, restauros de móveis antigos.

Ivan Sbrana (2)CeluloseOnline – Como conseguiu conciliar a pesquisa em dois países tão distantes (Brasil e Itália)?

Ivan Sbrana – Elaborar uma tese na Itália, que falava de uma madeira muito utilizada no Brasil, foi possível graças à ajuda de amigos e também da internet. Li muitos artigos sobre celulose, desmatamento, técnicas, propostas, economia, meio ambiente. No meio destes dois anos de curso, tive a sorte de poder voltar ao Brasil para fazer algumas visitas importantes, fotografar algumas espécies de eucalipto, tudo isso para montar um “acervo” suficiente, e de volta à Itália começar a juntar as peças desse grande quebra cabeças.

CeluloseOnline – E qual a importância de somar esses dois países na pesquisa?

Ivan Sbrana – Senti necessidade de falar sobre uma madeira pouco utilizada para fabricação de móveis e que pouco aparece nas aplicações de restauro. A Itália já foi no decorrer dos séculos, detentora de técnicas revolucionárias na utilização de madeiras para vários fins. Porém, hoje o Brasil também se destaca nas pesquisas e aplicações de novas tecnologias. Entre outras coisas, descobri que a madeira de eucalipto está com um “pé” no campo, e outro nos laboratórios, visto que suas espécies se desenvolvem bem, apresentando bons resultados em pesquisas.

CeluloseOnline – Qual a maior dificuldade da pesquisa?

Ivan Sbrana – A maior dificuldade (para aqueles que tentam enxergar o eucalipto, não apenas como combustível para máquinas ou base para fabricação de papel) com certeza é o restrito número de sites, livros e artigos relacionados ao tema. De todo material encontrado via internet, constatei que alguns artigos tinham sido publicados a mais de cinco, dez, quinze anos, o que tornava algumas informações ultrapassadas – em alguns casos até mesmo contraditórias. Isso mostrou também, que a madeira de eucalipto ainda pode e tem como fornecendo bem mais do que foi mostrado até agora.

CeluloseOnline – Quais foram seus amparos para realização?

Ivan Sbrana – Contei muito com a ajuda dos professores da escola italiana, mas também com a paciência e empenho da Dra. Sandra Florsheim (pesquisadora científica do IFSP, responsável pela seção de Madeira e Produtos Florestais). Realizei uma visita guiada pela sra. Roselaine Barros (diretora do Museu Octávio Vecchi – Museu da Madeira de

São Paulo) e por e-mail apenas, entrei em contato com Sérgio Christofoletti (pesquisador científico do IFSP atualmente desenvolvendo pesquisas no Museu do Eucalipto de Rio Claro – SP).

Ivan Sbrana (3)

CeluloseOnline – Em breves palavras, qual o resultado da pesquisa?

Ivan Sbrana – Minha pesquisa mostrou que não existem limites (nem distâncias) para buscarmos aprender mais e adquirir conhecimento, mas para isso, é preciso muito empenho, pesquisa e esforços já que vivemos no mundo da informação digital. É sempre bom conferir as fontes, cruzando informações e dados. Somente dessa forma é possível colher bons frutos.

CeluloseOnline – Qual sua expectativa, como pesquisador, com o mercado de eucalipto para restauros?

Ivan Sbrana – Ainda não me considero um pesquisador. Estou iniciando, sou ainda um curioso fascinado por madeiras, aplicações e por novas formas de pensar o mundo atual e os caminhos que estamos construindo para as novas gerações que virão.

CeluloseOnline – E referente à aplicabilidade dele?

Ivan Sbrana – Com outros estudos, novos testes e práticas, também será possível submeter madeiras de eucalipto em outras técnicas de restauro. No século XXI não é mais viável (ecologicamente falando) utilizar madeiras extintas, ou em processo de extinção. Gastamos quase tudo o que tínhamos e já comprometemos o que ainda nem nasceu.

CeluloseOnline – Qual técnica foi aplicada para esse trabalho?

Ivan Sbrana – O nome da técnica aplicada é “impiallacciatura” feita com folhas de eucalipto (traduzindo para o português equivaleria a folheado de madeira de eucalipto). Também pode ser chamado de intarsio.

Ivan Sbrana (4)CeluloseOnline – Como funciona essa técnica?

Ivan Sbrana – Pesquisas mostram que essa técnica nasceu no ano 350 ac na Ásia. Depois desse período foi sendo aperfeiçoada até chegar à Europa. De uma forma resumida, utiliza lâminas, isto é, folhas de madeira cortada em espessuras sutis, que serão coladas em um suporte de madeira maciço. As madeira aplicadas são de cor natural ou tingidas, e podem ainda ser encrustradas em outra madeira de valor.

CeluloseOnline – Quais as dificuldades dela?

Ivan Sbrana – As dificuldades que uma “impiallacciatura” apresenta são muitas, mas um bom trabalho começa, na seleção correta da madeira, no corte preciso das peças, escolha das cores e desenhos particulares que cada espécie apresenta. Para se alcançar um resultado satisfatório, também a colagem – fixação dos desenhos no suporte – contem segredos.

CeluloseOnline – Qual o resultado desse trabalho?

Ivan Sbrana – O resultado foi mostrar que uma técnica centenária, aplicada a uma madeira dos nossos dias (Lyptus r ), produzida de forma consciente, pode apresentar resultados interessantes.

CeluloseOnline – Qual a utilidade desse estojo?

Ivan Sbrana – Apenas um: aliar teoria e prática. Dentro do estojo, coloquei a tese escrita. Dessa forma, lendo o trabalho, também é possível acompanhar a evolução do processo de criação.

Leia mais sobre a tese de aplicação sustentável do restauro da madeira de eucalipto.

Leia mais sobre a técnica do folheado de madeira de eucalipto.

CeluloseOnline

Demuth Rodapé
Qual é a sua impressão?
Amei
100%
Curti
0%
Não Gostei
0%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online
Comentários
Deixe um Comentário

Deixe um Comentário