CompararComparando...

A expectativa da Fazenda Bela Vista para este ano é vender entre 800 mil e 1 milhão de mudas de cedro australiano

Lendo Agora
A expectativa da Fazenda Bela Vista para este ano é vender entre 800 mil e 1 milhão de mudas de cedro australiano

25/04/2016 – O desempenho das sementes trazidas da Austrália foi testado em quatro campos, com diferentes condições de solo e clima, os chamados campos de progênies. As 100 matrizes de cedro australiano geraram 9.600 indivíduos. Os exemplares que apresentaram, em todas as diferentes condições, boa produtividade, tronco reto, resistência e madeira de qualidade foram selecionados e melhorados. “Escolhemos 12 árvores, depois oito e chegamos até seis com as quais passamos a trabalhar na produção das mudas clonadas”, lembra Eduardo Stehling.

fazenda bela vista cedro australiano

O engenheiro florestal Sebastião Rosado, professor da UFLA, parceiro da fazenda, explica que o processo de melhoramento não termina nunca. “Estamos trabalhando já com a segunda geração de clones. Procuramos, por exemplo, material mais adaptado ao clima quente. Mas não é mais necessário recorrer à Austrália para seguir com o processo de melhoramento. O que temos aqui hoje é um banco de germoplasma, um campo com material genético suficiente para garantir a preservação da espécie em toda sua diversidade”, diz Rosado.

Ricardo Vilela lembra que foram dez anos de pesquisa e cerca de R$ 3 milhões de gastos para desenvolver os clones. “É um investimento atípico para uma empresa do porte da nossa. Há quem diga que somos completamente loucos e que não fazemos as contas antes de investir, mas vejo isso como imprescindível para o futuro do negócio. Se a gente não tivesse materiais mais produtivos e confiáveis, não teria condição de seguir com nosso objetivo de plantar 150 hectares de cedro australiano por ano”.

Parte desse investimento começou a ser recuperado com a venda dos clones. Em 2015, dos viveiros da fazenda em Campo Belo, saíram 600 mil mudas, vendidas para 300 clientes de diferentes regiões. Hoje, há plantios clonados de cedro australiano na Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo. Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Leia também:

Madeira de lei australiana: Fazenda desenvolveu seis clones que produzem três vezes mais madeira por hectares do que as árvores cultivadas a partir de sementes

Manejo da Florestal do cedro australiano na Fazenda Bela Vista

Fonte: Revista Globo Rural

albany 728
Qual é a sua impressão?
Amei
0%
Curti
67%
Não Gostei
0%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online
3Comentários
Deixe um Comentário
  • Avatar
    Pedro Fernandes Correa
    abril 25, 2016 at 11:28

    Achei muito interessante o cultivo do cedro. Pergunto a voces: Na região Nordeste, É possivel o plantio do Cedro. (mata atlantica, Paraiba).

  • Avatar
    ANTONIO ZANI
    abril 25, 2016 at 11:45

    Achei espetacular o assunto do cedro Australiano…como posso conseguir umas mudas,pois sou ambientalista e tenho um sitio onde cultivo arvores rarapara preservação..por fravor o telefone da fazenda BELA VISTA.

Deixe um Comentário