CompararComparando...

Fibria capacita artesãos e fortalece a expressão cultural no Vale do Paraíba

Lendo Agora
Fibria capacita artesãos e fortalece a expressão cultural no Vale do Paraíba

Artesãos fazem parte do projeto Mãos que Valem, iniciativa realizada pela Fibria no distrito de São Silvestre, em Jacareí (SP)

A Fibria, empresa brasileira líder mundial na produção de celulose de eucalipto a partir de florestas plantadas, concluiu, junto aos moradores do distrito de São Silvestre, em Jacareí (SP), as atividades de 2017 do projeto Mãos que Valem. O objetivo da iniciativa é oferecer uma nova alternativa de renda para a comunidade e fortalecer a cultura local.

Durante oito meses, 20 pessoas que encontraram no artesanato a possibilidade de aliar trabalho, renda e realização pessoal, participaram de uma programação intensa de capacitações de assessoria técnica em artesanato com a Mirí Visões e Ações, que foi contratada pela Fibria. Em mais de 80 encontros, foram ministradas dez técnicas artesanais e de gestão comercial.

Como resultado dessa formação, o grupo criou uma coleção exclusiva que foi apresentada para a comunidade em forma de exposição. A mostra recebeu o nome de ‘Plural’ e foi composta por 20 peças inspiradas na cultura da região. Uma das principais técnicas utilizadas foi a do bordado ciranda, em que os desenhos são customizados em círculos e expressam cenas do cotidiano.

Para aguçar a criatividade dos artesãos, todos participaram de uma visita técnica ao museu A Casa, em São Paulo. O local é considerado referência nacional na produção artesanal e de design. Durante a visita, eles participaram de oficinas e apreciaram diversos trabalhos expostos. “Visitar a exposição ‘A Casa Bordada’ e ver o artesanato exposto e comercializado, com tamanho preciosismo, nos inspira e incentiva a fazer mais e melhor”, diz a artesã Maria Alaíde Costa.

Com intuito de fortalecer o Mãos que Valem, em 2018 os artesãos devem concluir a formalização de uma associação e lançar a loja virtual da marca Artesãos de São Silvestre.

“O desenvolvimento sociocultural e econômico das comunidades onde a Fibria atua é um compromisso assumido pela empresa. O projeto possibilita não só o incremento da renda familiar, mas também o fortalecimento das tradições culturais de toda uma comunidade. Saber que colaboramos para o fortalecimento desse grupo é prova de que estamos no caminho certo”, diz Adriano Martins, consultor de Sustentabilidade da Fibria.

Demuth Rodapé
Qual é a sua impressão?
Amei
0%
Curti
0%
Não Gostei
0%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online

Deixe um Comentário