CompararComparando...

Negociação entre Suzano e Duratex é boa para o mercado financeiro

Lendo Agora
Negociação entre Suzano e Duratex é boa para o mercado financeiro

A Moody’s é uma agência que faz a classificação de risco das empresas e dos países. E para o setor de celulose e papel, a notícia é muito boa: ela classificou como positiva o rating da aquisição de terras e florestas pela Suzano.

O acordo entre a Suzano e a Duratex aconteceu no início da semana e as terras ficam na região central de São Paulo.

A movimentação deve girar em torno de mais de 1 bilhão de reais.

E o acordo envolve a compra de 9,5 mil hectares de terra e de 1,2 milhão de metros cúbicos de florestas por mais de 308 milhões de reais.

Mais tarde, a fabricante de papel pode conseguir comprar outro lote, em mais de 20 mil hectares por 749 milhões de reais – em um volume total de 5,6 milhões de m³.

O lucro para a Duratex, nessa 2ª compra, será de mais de 360 milhões de reais.

“A aquisição é positiva porque ampara a estratégia da Suzano de garantir ativos florestais para suas operações e mantendo a competitividade de custo, sem ameaçar os créditos”, diz a Moody’s, em comunicado.

“A Suzano pode pagar pela aquisição inteiramente em dinheiro, sem aumentar as métricas de alavancagem”, completou.

Atualmente, a Moody’s classifica a Suzano como Ba1.

Da Redação

Demuth Rodapé
Qual é a sua impressão?
Amei
50%
Curti
50%
Não Gostei
0%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online

Deixe um Comentário