CompararComparando...

Funcionários da Eldorado Brasil rejeitam proposta de reajuste salarial

Lendo Agora
Funcionários da Eldorado Brasil rejeitam proposta de reajuste salarial

Na semana anterior, trabalhadores da Fibria também haviam recusado proposta oferecida pela empresa

Os funcionários da Eldorado Brasil, fábrica de celulose instalada em Três Lagoas, rejeitaram a proposta de reajuste salarial oferecida pela empresa. Na última semana, mais de 800 funcionários votaram para decidir sobre o reajuste. Segundo o sindicato da categoria, a proposta de 2,08% de aumento foi reprovada por 634 trabalhadores. Outros 231 concordaram e apenas 3 funcionários optaram pelo voto em branco. Nesta segunda-feira (13), o sindicato comunicará formalmente a empresa sobre a recusa. A tendência é que Eldorado Brasil e a entidade sindical voltem a negociar.

De acordo com presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Papel e Celulose, Almir Morgão, o resultado já era esperado. “Os trabalhadores entendem o que está acontecendo, existe uma falta de vontade por parte da empresa em valorizar os funcionários, porque dinheiro sabemos que sobra”.

Em nota, a Eldorado afirma que “a proposta assegura a manutenção dos salários sem perdas inflacionárias, reajusta os benefícios financeiros com índices acima da inflação e contempla pagamento de um prêmio vinculado à produtividade garantindo ganho adicional aos colaboradores. A companhia reforça que a valorização de pessoas é um importante direcionador de suas atividades”.

Os funcionários da Fibria já haviam recusado a proposta apresentada na semana retrasada. De acordo com o sindicato, a proposta apresentada pela empresa de celulose é de reajuste de 2,37%, abono salarial R$ 1.400 e vale alimentação de R$ 269.

Qual é a sua impressão?
Amei
0%
Curti
0%
Não Gostei
0%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online
Comentários
Deixe um Comentário

Deixe um Comentário