CompararComparando...

Gesso na cana contribui para sequestro de carbono no solo

Lendo Agora
Gesso na cana contribui para sequestro de carbono no solo

As pesquisas relacionadas ao uso do gesso na região do Cerrado começaram na década de 1980. Em 1995, a tecnologia foi lançada e recomendada pela Embrapa. Desde então, a adoção da gessagem no Brasil tem evoluído e a adesão dos agricultores é cada vez maior, sendo a cana-de-açúcar uma das culturas que mais utiliza o insumo. “Desde quando começamos a plantar cana-de-açúcar sempre usamos o gesso. Primeiramente, foi para corrigir o solo e, hoje em dia, como o perfil do nosso solo é muito bem tratado, usamos mais como fonte de enxofre, pois ainda é a fonte mais barata desse elemento”, conta o produtor rural Sebastião Carvalho, de Quirinópolis (GO).

Ele possui uma propriedade de 1.400 hectares, sendo que 900 deles estão ocupados com cana-de-açúcar. Segundo o produtor rural, a média de produtividade alcançada nos últimos anos foi de 104 toneladas/hectare. De acordo com o pesquisador da Embrapa, devido à aplicação do gesso como corretivo da acidez e fonte de enxofre, observa-se nas lavouras ganhos de até 12 t/ha de colmos. No experimento instalado na Embrapa Cerrados, no entanto, foram observados ganhos médios anuais ao redor de 22 t/ha de colmos e 3,8 t/ha de açúcar considerando nove cortes.

Calagem X gessagem

Os solos do Cerrado apresentam em sua maior parte excesso de alumínio e baixos teores de cálcio e magnésio, o que os tornam ácidos tanto na camada superficial (até 20 cm), quanto na camada subsuperficial (abaixo de 20 cm). Solos ácidos afetam diretamente as raízes das plantas. Por sua vez, um sistema radicular pouco desenvolvido limita a absorção de água e nutrientes e, consequentemente, a produtividade das culturas.

A prática agrícola utilizada para corrigir a acidez da camada superficial do solo é a calagem. No entanto, o problema da acidez dos solos do Cerrado pode muitas vezes atingir a camada subsuperficial, abaixo de 20 cm. Nesses casos, a incorporação profunda de calcário não corrige de forma satisfatória a acidez e a deficiência de cálcio. Nessas condições, a aplicação do gesso supre o solo com cálcio e enxofre e reduz a toxidez do alumínio até as camadas mais profundas.

Leia Mais no site da Embrapa!

Voith 728
Qual é a sua impressão?
Amei
0%
Curti
0%
Não Gostei
100%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online
Comentários
Deixe um Comentário

Deixe um Comentário