CompararComparando...

Instituto CENIBRA assina parceria com Prefeitura de Braúnas

Lendo Agora
Instituto CENIBRA assina parceria com Prefeitura de Braúnas

Nesta semana, o Instituto CENIBRA firmou parceria com a Prefeitura Municipal de Braúnas, para viabilização de construção de fossas sépticas na zona rural do município.

O objetivo é contribuir para melhoria da qualidade de vida das famílias em conformidade com as práticas sustentáveis de manejo no meio ambiente.

“O Instituto já realizou este tipo de parceria em outras localidades como em Cocais das Estrelas (Antônio Dias) e em São José de Cocais (Coronel Fabriciano), e também em Periquito e Divinolândia de Minas. A partir da instalação das fossas, dá-se um importante passo rumo à melhores condições de vida e revitalização dos corpos hídricos das comunidades”, afirma Leida Hermsdorff Horst Gomes, Coordenadora de Comunicação Corporativa e Relações Institucionais, também responsável elo Instituto CENIBRA.

De acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA), o Brasil possui aproximadamente 31 milhões de habitantes morando na área rural e comunidades isoladas.

Desta população, somente 22% tem acesso a serviços adequados de saneamento básico e a realidade aponta que ainda existem quase cinco milhões de brasileiros que não possuem banheiro.

Portanto, cerca de 24 milhões de brasileiros ainda sofrem com a falta de saneamento básico.

A tecnologia de Sistema de Saneamento Básico na área Rural da EMBRAPA, com utilização de Fossa Séptica Biodigestora contribui com a solução deste problema a partir de soluções simples, eficientes e facilmente replicáveis.

A maior contribuição do sistema de fossa séptica biodigestora é a viabilização do tratamento de esgoto doméstico e, consequentemente, a produção de resíduos com baixa incidência de coliformes termotolerantes, por ação de digestão fermentativa, utilizando-se de esterco bovino como inoculante neste processo.

A manutenção da Fossa Séptica Biodigestora também é muito simplificada e requer somente a inoculação do sistema uma vez por mês com 5 litros de esterco bovino misturados com água, na entrada do sistema e a retirada do efluente tratado e aplicação no solo como fertilizante.

Contexto

Apenas 45% do esgoto do país é tratado, apontam os dados mais recentes do governo. Em 2015, na ONU, Brasil se comprometeu a universalizar serviços de saneamento até 2030.

Atualmente o país ainda destina 55% do esgoto que coleta na natureza, o que corresponde a 5,2 bilhões de metros cúbicos por ano ou quase 6 mil piscinas olímpicas de esgoto por dia.

É o que aponta um novo estudo do Instituto Trata Brasil.

Em Minas Gerais, 622 municípios ainda não têm plano de saneamento.

O processo de biodigestão de resíduos orgânicos é bastante antigo, sendo que a primeira unidade foi instalada em Bombaim, na Índia em 1819; na Austrália uma companhia produz e industrializa o metano a partir de esgoto desde 1911.

Demuth Rodapé
Qual é a sua impressão?
Amei
0%
Curti
0%
Não Gostei
0%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online

Deixe um Comentário