CompararComparando...

JBS pretende investir R$ 180 milhões em nova fábrica de biodiesel em Mafra

Lendo Agora
JBS pretende investir R$ 180 milhões em nova fábrica de biodiesel em Mafra

O tão aguardado anúncio de investimento em Mafra foi oficializado na tarde desta terça-feira, 30.

Por meio da Seara Alimentos, a JBS investirá R$ 180 milhões na construção e operação de uma fábrica de biodiesel no município, que será operada pela JBS Biodiesel, divisão da JBS Novos Negócios. A unidade utilizará, em larga escala, materiais residuais da cadeia produtiva da Seara, como gorduras de aves e suínos, para a fabricação de biocombustível. Além disso, a planta também apresenta grande sinergia com o complexo soja, complementando a sua base de matérias-primas para produção.

A JBS Biodiesel tem como propósito agregar valor aos resíduos da cadeia produtiva da JBS. A Companhia tem um histórico positivo a partir do reaproveitamento do sebo bovino e outros insumos, como óleo de fritura recuperado, para a produção de biodiesel. Com a nova fábrica em Mafra, reforçará ainda mais o seu viés sustentável, ampliando a atuação na cadeia de fornecimento dos segmentos de aves e suínos.

“A aposta da Companhia em uma nova operação está em linha com o horizonte positivo para o setor no Brasil. Até 2023, a partir do programa RenovaBio, a mistura de biodiesel na composição do diesel chegará a 15% com a entrada do B15. Com a nova unidade, a JBS Biodiesel mais que dobrará a sua capacidade produtiva, devendo ultrapassar a marca de 600 milhões de litros de biodiesel por ano”, explica Alexandre Pereira, diretor da JBS Biodiesel.

A fábrica da JBS Biodiesel em Mafra terá uma área de 76 mil metros quadrados e será responsável pela produção de 900 toneladas de biocombustível por dia. Para a sua construção, serão gerados cerca de 400 empregos. Assim que finalizada a fase de obras, o que deve acontecer até o primeiro semestre de 2021, a operação deve gerar 100 postos de trabalho diretos e cerca de 300 indiretos, contribuindo para a movimentação econômica na região.

ESCOLHA POR MAFRA

O motivo para a escolha de Mafra para receber o investimento se justifica pelo fato de o município estar localizado em uma região estratégica para o setor de biocombustível nacional. Além de contar com uma logística eficiente de embarque e desembarque pelos modais ferroviário e rodoviário, está a 120 quilômetros de distância de Araucária (PR), onde está instalada a Refinaria Presidente Getulio Vargas (Repar), uma das principais unidades de mistura e distribuição de diesel do país.

SANTA CATARINA

Somente em Santa Catarina, a JBS mantém mais de 30 operações da Seara em 18 municípios, entre unidades produtivas de aves, suínos, industrializados, fábricas de ração, centros de incubações, terminais logísticos e centros de distribuição. Além disso, no estado, a Companhia conta com cerca de 16,5 mil colaboradores e uma rede de 2,5 mil produtores integrados.

“Santa Catarina é um importante polo de produção de alimentos em escala global. Os investimentos na construção de uma fábrica de biodiesel em Mafra comprovam a sinergia existente entre os negócios da JBS, uma premissa que contribui para fortalecer o posicionamento sustentável das operações da Seara”, complementa a presidente da Seara, Joanita Karoleski Maestri.

JBS BIODIESEL

Hoje, a JBS Biodiesel opera outras duas plantas, uma localizada em Lins, no estado de São Paulo, e outra em Campo Verde, em Mato Grosso. Com a terceira unidade, reforçará seu posicionamento entre as 10 principais produtoras de biodiesel do país. Somente em 2018, a Companhia comercializou 260 milhões de litros de biocombustível, superando em aproximadamente 25% o volume de 2017, que foi de 210 milhões de litros.

Fonte: JMais

Demuth Rodapé
Qual é a sua impressão?
Amei
0%
Curti
0%
Não Gostei
0%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online
Comentários
Deixe um Comentário

Deixe um Comentário