CompararComparando...

Mel orgânico é aposta no Norte de Minas

Lendo Agora
Mel orgânico é aposta no Norte de Minas

A apicultura é a 12ª no ranking de produção brasileira mas vem crescendo nos últimos anos. No Norte de Minas, em municípios como Itamarandiba e Bocaiuva, a atividade cresceu mais de 20 vezes nos últimos anos e é fonte de renda para 95% dos agricultores familiares.

A produção é orgânica. “O clima é favorável e a florada silvestre é muito abundante. É um mel puro e que tem grande apelo comercial dentro e fora do país”, justifica a Coordenadora estadual de Pequenos Animais da Emater-MG, Márcia Portugal.

Além de produzir o suficiente para abastecer o mercado interno, o Brasil ainda exporta a maior parte do mel que fabrica. Dentre os principais importadores estão Estados Unidos, Alemanha, Japão e Coreia do Sul, nesta ordem. Em território nacional, Minas Gerais ocupa o quarto lugar em produção, sendo os municípios do Norte os mais representativos.

Somente Paraná, Rio Grande do Sul e Bahia superaram o volume de mel produzido em território mineiro, ocupando as três primeiras posições do ranking, respectivamente. Cerca de 98% dos apicultores do estado utilizam abelhas do gênero apis melífer, de origem europeia. A matéria-prima principal vem das plantações de eucalipto e da vegetação nativa. O fato favorece a produção orgânica já que não é necessário aplicar agrotóxicos nem outros químicos.

Fonte: Agrolink

Demuth Rodapé
Qual é a sua impressão?
Amei
0%
Curti
0%
Não Gostei
0%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online
Comentários
Deixe um Comentário

Deixe um Comentário