CompararComparando...

Obra da Berneck (produção de MDF) está em pleno vapor e com vagas abertas

Lendo Agora
Obra da Berneck (produção de MDF) está em pleno vapor e com vagas abertas

As obras da unidade da Berneck, em Lages, estão a todo vapor. Quem passa pela BR-116, próximo à ponte sobre o Rio Caveiras, percebe o movimento intenso de homens, máquinas e caminhões. A empresa está investindo cerca de R$ 1 bilhão e tem previsão de inaugurar no primeiro semestre de 2021, gerando 600 empregos diretos.

A área construída é de 100 mil metros quadrados e a movimentação de terra, entre corte e aterro, chega a 1,8 milhão de metros cúbicos, ou seja, são 130 mil cargas de caminhão. O material de escavação fica no próprio local.

Está sendo feita a terraplanagem no local e a construção civil está começando, segundo o diretor industrial, Daniel Berneck. “Estamos com praticamente todos os equipamentos nacionais e importados comprados e em fabricação. Falta, ainda, a contratação das empresas de montagem eletromecânicas.”

A unidade da Berneck, em Lages, produzirá chapas de MDF e madeira serrada de pinus, para o mercado interno e também para exportação. Serão produzidos 570 mil metros cúbicos por ano de MDF e de madeira serrada. A produção estimada é de 460 mil metros cúbicos.

Sobre a fabricação do MDF da empresa, a unidade de Lages aumentará em 25% a capacidade produtiva da Berneck. E, em relação à madeira serrada de pinus, a produção aumentará em 70% com a nova fábrica que será aberta no município.

Além do MDF e da unidade de serrados, haverá uma planta para cogeração de energia com capacidade de 29MW que, juntando às outras duas unidades – Araucária 11MW e Curitibanos 14MW – totalizará 54 MW, chegando próximo à autossuficiência.

Contratações em andamento

Em relação às contratações, o diretor industrial disse que algumas já estão sendo feitas, mas a maioria será realizada no segundo semestre deste ano. “Já começamos um trabalho junto ao Sesi para capacitar e treinar moradores da região para os trabalhos que vamos executar. Priorizaremos o pessoal local que tenha capacitação para os cargos que vamos precisar.”

Fonte: CLMais

Voith 728
Qual é a sua impressão?
Amei
100%
Curti
0%
Não Gostei
0%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online
Comentários
Deixe um Comentário

Deixe um Comentário