CompararComparando...

Reciclagem do papel liner – seja um dos poucos a saber isso

Lendo Agora
Reciclagem do papel liner – seja um dos poucos a saber isso

A ideia é ser inovador, ter baixo custo e não gerar efluentes. Foi com essa base que surgiu a empresa Polpel, única no mundo a produzir uma polpa de celulose (polpel celulose) a partir da reciclagem do papel liner.

Também há outra empresa, chamada Celulose Reciclada, que trabalha em circuito fechado.

As soluções são sustentáveis, ecológicas e corretas para o tratamento dos resíduos.

E você deve estar se perguntar por que é uma inovação…

Então, saiba que a reciclagem do papel liner nunca havia sido descoberta anteriormente.

Isso porque esses papeis, até então, eram difíceis de serem reciclados.

A estrutura do papel liner é: resistente a umidade, o que dificultava todo o processo.

Se você ainda não sabe, o papel liner é a base para o autoadesivo, tão usado em toda comunicação visual.

Bom, foi partindo desses conceitos que a polpel se tornou referência na reciclagem do papel liner e a empresa garante que todo material pode ser 100% reutilizado.

Antes de continuar, porém, vamos entender como tudo acontece: o que é o papel liner e como é feita a reciclagem do papel liner.

Leia com atenção.

Papel liner – o que é?

O liner é um papel siliconado, parafinado ou resinado e a base para autoadesivos.

Ele é usado na rotulagem de produtos, em plotagens de carros e uma série de outras opções.

Ele é formado por uma camada de silicone que é justamente para não dar aderência ao adesivo.

Entre os papéis mais usados para os autoadesivos estão o papel glassine.

Ele é supercalandrado semi-transparente e composto de fibras de celulose.

Tem baixa absorção de água e é um excelente em termos de qualidade de superfície.

papel liner reciclar

Sabendo disso, vamos à pergunta final:

Como é feita a reciclagem do papel liner

Ailton Alves é um dos sócios da Polpel e diz que muitas industrias enviam os resíduos para a reciclagem.

Então, é feita a recuperação de fibras do liner e elas são encaminhadas para as empresas de papéis, onde voltam ao processo fabril.

É basicamente dessa forma que é feita a reciclagem do papel liner.

Esse novo papel tem uma ótima aceitação nas fábricas de papel tissue porque são mais resistentes e tem mais volume.

Em uma notícia publicada no final de 2016, nossa reportagem apurou que a Polpel conseguia fazer a reciclagem de papel liner em mais de 600 toneladas.

“Além da empresa ter custos altíssimos com a destinação, podemos dizer que não é uma alternativa correta na reciclagem tradicional. Já no nosso processo, há a reintrodução da fibra na cadeia produtiva de papel”, diz o empreendedor.

Gostou da notícia? Saiba mais um monte de coisas sobre a inovação no setor de celulose e papel, cadastre-se no mailing e curta nossas postagens diárias.

Da redação

Demuth Rodapé
Qual é a sua impressão?
Amei
67%
Curti
0%
Não Gostei
33%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online

Deixe um Comentário