CompararComparando...

Valmet e Metsä Fibre assinam acordo preliminar para entrega de tecnologias e automação para futura fábrica de bioprodutos em Kemi, na Finlândia

Lendo Agora
Valmet e Metsä Fibre assinam acordo preliminar para entrega de tecnologias e automação para futura fábrica de bioprodutos em Kemi, na Finlândia

 

As empresas Valmet e Metsä Fibre (Grupo Metsä), assinaram um acordo no qual a Valmet fornecerá as principais tecnologias e o sistema de automação para uma nova fábrica de bioprodutos em Kemi, na Finlândia.

A confirmação do projeto está sujeita a aprovação final da Metsä Fibre, esperada para ocorrer ainda em 2020. Se concretizada, a nova fábrica de bioprodutos, que deve iniciar a produção em 2023, terá uma capacidade anual de produção de celulose de 1,5 milhão de toneladas e produzirá vários outros bioprodutos.

O valor estimado do fornecimento da Valmet para este tipo de projeto, incluindo equipamentos principais, auxiliares e engenharia é em torno de 350 a 400 milhões de euros. O projeto terá um impacto importante na geração de empregos na Valmet e suas subcontratadas – totalizando em torno de 800 homens por ano, dos quais, em torno de 500 na Finlândia.

“Nós estabelecemos elevadas metas de eficiência energética e ambientais para a fábrica de bioprodutos de Kemi. A Valmet se mostrou capaz de nos oferecer a tecnologia para alcançarmos esses objetivos. Nossa positiva cooperação de longo prazo com a Valmet cria uma boa base para uma execução bem-sucedida deste projeto e para a alta performance da unidade durante todo o seu ciclo de vida”, diz Ismo Nousiainen, CEO da Metsä Fibre.

“Durante nossa longa cooperação com o Grupo Metsä, e graças a nossa entrega bem-sucedida de tecnologia inovadora para a fábrica de bioprodutos em Äänekoski, nós conseguimos construir um forte relacionamento que formou uma base excelente para nossa cooperação também neste novo projeto. Sermos escolhidos como parceiros para toda a entrega de tecnologia para a fábrica de bioprodutos, incluindo também a automação necessária, é um bom sinal da competência, confiabilidade e inovação tecnológica da Valmet”, diz Pasi Laine, presidente e CEO da Valmet.

O diretor de Celulose e Energia da Valmet na América do Sul, Fernando Scucuglia, destaca os impactos positivos na decisão da Metsä para os investimentos em estudo. “O sucesso da Valmet em fornecer as principais tecnologias para a nova fábrica do grupo Metsä fortalece nossa posição como fornecedora de produtos inovadores e com foco em alta eficiência ambiental e energética. Esta fábrica será referência em termos de soluções técnicas e custo operacional para auxiliar nossos clientes em suas decisões de futuros investimentos na América do Sul e principalmente no Brasil”.

 

Detalhes sobre a entrega de tecnologia da Valmet

De acordo com o acordo preliminar, a Valmet irá fornecer todas as tecnologias de fabricação de celulose, desde o pátio de madeira até a linha de enfardamento, incluindo também as tecnologias de recuperação. Os equipamentos serão projetados para produzir celulose com fibra curta ou longa (softwoood  ou hardwood). O sistema de automação de toda a fábrica também será fornecido pela Valmet, incluindo recursos de Valmet Internet Industrial. Além disso, o escopo de fornecimento prevê também uma reforma da fábrica de celulose já existente no local.

“Com uma entrega completa na fábrica, a Valmet pode oferecer à Metsä Fibre todos os benefícios da nossa oferta inovadora e completa de soluções, que consiste na tecnologia de processos, automação e serviços. Com os recursos de Internet Industrial, pode ser oferecido suporte especializado à fábrica de bioprodutos Kemi, tanto no local quanto remotamente. A fábrica contará tecnologias modernas de processo e equipamentos e os mais avançados sistemas de automação, incluindo os mais recentes desenvolvimentos em nossa tecnologia de cozimento contínuo, para alcançar excelente eficiência energética, alta qualidade do produto final e alto desempenho ambiental. Além disso, com a nossa tecnologia de prensas para lavagem, nós fornecemos uma solução para gerenciar baixos níveis de fluxo de efluentes e de COD (demanda química de oxigênio)”, diz Bertel Karlstedt, presidente da Linha de Negócios de Celulose e Energia da Valmet.

A entrega da Valmet inclui engenharia, compras, gerenciamento do fornecimento e construção da linha de pátio de madeira, cozimento e linha de fibras, secagem e enfardamento da celulose, sistema de tratamento de gases não condensáveis, evaporação, cristalização de cinzas, caldeira de recuperação, recaustificização, forno de cal, sistema de gaseificação de biomassa, incluindo processo de secagem de cavacos. Além disso, a Valmet entregará a planta de ácido sulfúrico e reconstruirá a linha de fibras existente e a caldeira de biomassa, com um escopo estendido de fornecimento, incluindo a construção. A planta integrada de ácido sulfúrico, que produz ácido sulfúrico a partir de gases odoríferos da própria fábrica, foi originalmente desenvolvida junto com a Metsä Fibre para a fábrica de bioprodutos Äänekoski.

A entrega de automação inclui ainda o sistema de controle industrial com Valmet DNA, sistema de gerenciamento de informações da planta, controles avançados de processo (APC), analisadores e medições online e sistemas dedicados. Os recursos da Internet Industrial da Valmet incluem simuladores e otimizadores para ilhas de processos selecionados assim como conectividade com o Valmet Performance Center.

 

albany 728
Qual é a sua impressão?
Amei
0%
Curti
0%
Não Gostei
0%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online

Deixe um Comentário